TSE cassa mandatos de prefeito e vice de Maiquinique



O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou nesta sexta-feira (15), o recurso do prefeito de Maiquinique, Jesulino de Souza Porto (DEM), confirmando a cassação do seu mandato e o da Vice-Prefeita Marizene Gusmão (PMB). Os dois já haviam sido condenados pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) em fevereiro deste ano. Porto, então candidato à reeleição, é acusado de abuso de poder econômico por causa de uma carreata, realizada no dia 17 de outubro do ano passado, quando foram distribuídos combustíveis em um posto de propriedade do gestor. Jesulino e Marizene seguiam ocupando os respectivos cargos desde a condenação do TRE-BA sob efeito de uma liminar. Após a decisão da corte Superior nesta sexta, o s dois devem deixar o cargo e a Justiça Eleitoral deverá convocar eleições suplementares

62 visualizações0 comentário