top of page

Amante do marido planejou morte de mulher assassinada em Tancredo Neves, diz polícia

Quatro pessoas foram presas pela morte de Paloma Assis São Pedro, nesse mês, no bairro de Tancredo Neves. Segundo a Polícia Civil, a amante do marido da vítima foi quem planejou o crime. Duas prisões aconteceram na sexta (25) e outras duas nesta terça (5).


As prisões aconteceram em ação da 2ª Delegacia de Homicídios (2ªDH / Central), com o apoio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que cumpriu os mandados nos bairros do Cabula e Vila Canária.


Foram presos hoje a amante apontada como mandante e um homem suspeito de intermediar a execução. Com ele, foram apreendidos um revólver calibre 38 e uma pistola - ele acabou autuado em flagrante por porte ilegal de arma. Na semana passada, foram presos os acusados de executar Paloma.


A titular da 2ª DH / Central, delegada Fernanda Ásfora, destaca as prisões como relevantes para a elucidação. “Na sexta-feira, dia 25 de agosto, nossas equipes prenderam os executores. Na continuidade das apurações chegamos hoje a mais dois cumprimentos de mandados, da possível mandante e um quarto envolvido. Com todos os interrogatórios e materiais coletados vamos chegar aos demais desdobramentos das circunstâncias do crime”, explicou.

113 visualizações0 comentário

Σχόλια


bottom of page