top of page

Suspeito de envolvimento em ataque a baixista do Ultraje a Rigor é preso


Um homem foi preso na tarde deste domingo (3), sob suspeita de envolvimento no ataque a tiros que atingiu o músico Rinaldo Oliveira Amaral, o Mingau do Ultraje a Rigor. O baixista de 56 anos foi baleado na cabeça na noite de sábado (2) enquanto passava pelo bairro Ilha das Cobras, na cidade da Costa Verde fluminense.


A prisão aconteceu em uma casa no mesmo bairro. Segundo a Polícia Civil, os agentes chegaram até o suspeito através da colaboração de testemunhas e de informações do setor de inteligência da delegacia da área.


O homem não teve o nome divulgado. A ocorrência ainda está em andamento, e a corporação não informou se o suspeito já indicou advogado.


Segundo delegado que investiga o caso, a Ilha das Cobras é um bairro dominado pelo tráfico e o local do crime é conhecido por seu um ponto de compra e venda de drogas.


Segundo depoimento do amigo de Mingau que estava com ele na hora que foi baleado, os dois foram à praça do Ovo para fazerem um lanche.


Uma das linhas de investigação é de que traficantes da região teriam atirado contra o carro do músico, um Ford Ranger. O veículo foi apreendido e passará por perícia.


Antes de ser baleado, o baixista sacou dinheiro em um banco de Paraty, que fica no centro da cidade, na parte turística. De lá, partiu para Ilha das Cobras.


Outra suspeita da Polícia Civil é de que o músico tenha ido comprar drogas. Inicialmente, o amigo que estava com Mingau afirmou isso à Polícia Militar. No entanto, ele mudou a versão em depoimento à delegacia e disse que foram jantar.


Mingau é baixista da banda paulista Ultraje a Rigor desde 1999 e tem uma pousada em Trindade, distrito de Paraty. Após ser baleado, o músico foi levado ao Hospital Municipal Hugo Miranda.


Como o local não contava com neurologista, ele foi transferido para São Paulo no início desta tarde deste domingo, em uma UTI aérea.


Ele foi levado ao Hospital São Luiz Itaim, na capital paulista, onde passa por avaliação neurológica. Segundo o hospital, o estado de saúde do baixista é "delicado".

12 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page