DHPP identifica os dois jovens executados em Itabuna




Na tarde desta segunda-feira (24), a Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) de Itabuna, identificou os dois jovens que foram friamente executados a tiros e facadas na BR-101, entre Itabuna e Itajuípe no domingo (23). Ambos eram moradores de fazendas da zona rural de Itabuna. Um era adolescente e o outro maior. Vamos aos nomes dos fuzilados: Weldon Farias Mendes, 16 anos, morador da Fazenda São João e Bruno Cauã Gonçalves, 20 anos, morador da Fazenda Água Boa. Os pais das vítimas fizeram o reconhecimento dos corpos no DPT. Bastante consternados, eles relataram desconhecer o motivo da dupla execução. O delegado Marlos Macedo, que é responsável pela cidade de Itajuípe e ficou de plantão no Complexo Policial de Itabuna ontem, informou a reportagem, que os jovens não tinham passagens na polícia, mas que poderiam sim ter ligação com as facções Raio A e DMP, e que, provavelmente, por isso acabaram mortos. Marlos Macedo informou ainda, que a dupla execução dos jovens, será investigada pela delegada Magda Sueli aqui em Itabuna, pois o local aonde os corpos foram encontrados ainda é área pertencente ao município de Itabuna, pois Itajuípe só começa bem mais a frente depois de um posto de gasolina. Sendo assim, esse foi o 2° duplo homicídio registrado em Itabuna no ano. E Weldon é o 4° adolescente executado aqui na cidade. Já o mês de Maio se iguala a Fevereiro e chega a 7ª execução. São os meses mais violentos do ano. Em 2021, Itabuna registra, 25 homicídios + 10 bandidos mortos = 35 mortes violentas.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes