'Terceiro Turno': Desvios fraternos (e milionários) no Extremo Sul baiano



A Operação Fraternos, dedicada a investigar desvios de recursos nas prefeituras de Eunápolis, Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália, chegou a outro patamar nesta semana: as prisões dos ex-prefeitos Robério Oliveira (Eunápolis) e Claudia Oliveira (Porto Seguro). O casal conseguiu um habeas corpus no dia seguinte, mas não sem antes passar por presídios. Eles, o ex-vice prefeito de Porto, Beto Axé Moi, e três empresários foram alvo de prisão preventiva, acusados de participar de um esquema de fraudes em licitações públicas, com desvios que somam R$ 11 milhões. Com isso, os novos desdobramentos incluíram ainda o afastamento do prefeito Agnelo Santos, irmão de Claudia, da Prefeitura de Cabrália. Diante da repercussão do caso, as jornalistas Jade Coelho, Ailma Teixeira e Mari Leal explicam o esquema denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) no episódio 82 do Terceiro Turno.

9 visualizações0 comentário