top of page

Taxista suspeito de matar a tiros ex-mulher e atingir ex-sogra se apresenta à polícia


O taxista Saulo Cunha Carneiro, acusado de matar a tiros a sua ex-mulher, Juliana Rocha de Oliveira, e atingir sua ex-sogra, Maria Luiza Rocha de Oliveira, se apresentou na sede da 15ª Coordenadoria de Polícia do Interior – Coorpin, na cidade de Serrinha, na manhã desta quarta-feira (17). O crime aconteceu no dia 18 de abril, no município de São Domingos.




As informações são do site Calila Notícias, parceiro do Bahia Notícias. Saulo chegou a se apresentar em delegacia, confessar a autoria e ser preso em flagrante, mas acabou sendo posto em liberdade por relaxamento de prisão, no dia 10 de maio. O Ministério Público recorreu da decisão e dois dias depois da soltura de Saulo, a Justiça ouviu as duas filhas de Juliana e expediu um novo mandado de prisão. No entanto, quando a Polícia Civil chegou ao endereço informado pelo acusado, ele não foi encontrado e passou a ser considerado foragido.



Na última segunda-feira (15), a filha da vítima realizou uma manifestação, com o apoio de moradores da região, pedindo a prisão do seu próprio pai (veja aqui). Ontem, o Ministério Público da Bahia denunciou o taxista por feminicídio e tentativa de feminicídio.

5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page