top of page

Secretaria de Segurança Pública diz que causa da morte de PM foi tiro disparado por sniper



A Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo confirmou que o tiro que atingiu e matou o policial militar Patrick Bastos Reis, de 30 anos, foi disparado a uma distância entre 50 e 70 metros, do alto de uma comunidade em Guarujá, no litoral de São Paulo.


O PM foi baleado em local próximo ao tórax por um projétil calibre 9 milímetros, segundo informado pelo secretário de Segurança Pública do Estado, Guilherme Derrite. "Temos a plena convicção de que ninguém aperta o gatilho se não estiver com a intenção de matar", disse o secretário.


Em nota a Secretaria de Segurança Pública lamentou a morte de um soldado da Polícia Militar, durante patrulhamento na comunidade Vila Zilda, no Guarujá. Na ocasião, um cabo também ficou ferido. A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Civil para o registro dos fatos

7 visualizações0 comentário
bottom of page