top of page

Rogéria propõe a fomentação da Campanha global de combate à violência contra as mulheres



Mais um ano em que a violência contra as mulheres cresce assustadoramente. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 1 em cada 3 mulheres em todo o mundo sofre algum tipo de violência.

E apreensiva com essa realidade, a deputada federal Rogéria Santos (Republicanos-BA) sugeriu ao Poder Executivo Federal, por intermédio do Ministério das Mulheres, que fomente no território brasileiro a campanha global de combate à violência contra as mulheres, promovendo os 21 dias de ativismo juntamente com os Estados e Municípios e a Sociedade Civil.

A parlamentar reforçou que os números não são positivos e que os feminicídios cresceram 6,1% em 2022 no Brasil, resultando em 1.437 mulheres mortas simplesmente por serem mulheres, segundo a conclusão do relatório “Visível e Invisível: a Vitimização de Mulheres no Brasil”, divulgado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública em março de 2023.

Na prática, a deputada destacou que “A campanha mundial denominada “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres” é uma campanha global de combate à violência contra as mulheres e meninas, que consiste numa mobilização internacional da sociedade civil em torno desse objetivo. No Brasil, a mobilização dura 21 dias, durante os quais os movimentos de mulheres e as defensoras dos direitos humanos das mulheres se unem com o propósito de combater a violência contra mulheres e meninas”, reforçou.

18 visualizações0 comentário
bottom of page