top of page

Rodoviários metropolitanos fazem greve nesta segunda-feira


Os rodoviários do transporte metropolitano iniciaram uma greve, por tempo indeterminado, na manhã desta segunda-feira (24). A medida foi decidida em assembleia da categoria na última quarta-feira (19).


As cidades atingidas pela paralisação são Lauro de Freitas, Camaçari, Simões Filho, Candeias, Madre de Deus, São Francisco do Conde, Santo Amaro, São Sebastião do Passé, Dias D'Ávila, Mata de São João, Praia do Forte, Porto de Sauipe, Subaúma, Conde, Imbassaí e Arembepe.


O motivo da greve, segundo a categoria é o descumprimento de um acordo por parte do governo do estado sobre a quitação das rescisões de 530 trabalhadores dispensados pelas empresas BTM, VSA e Linha Verde, que encerraram as atividades durante a pandemia.


Operação especial em Salvador


A Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) preparou uma operação de transporte emergencial durante a paralisação dos rodoviários metropolitanos desta segunda-feira (24). Ao todo, sete linhas do sistema municipal foram reforçadas para garantir o deslocamento dos usuários durante a interrupção do serviço metropolitano.


As linhas 0125 - Barroquinha x Pq. São Cristóvão, 0310 - Barroquinha x Aeroporto, 1001 - Aeroporto x Praça da Sé, 1035 - Aeroporto x Praça da Sé (via Garibaldi), 1007 - Lapa x Jd. Das Margaridas, 1625 - Paripe x Aeroporto (via Cajazeiras) e 1653 - Paripe x Aeroporto (via Pau da Lima) foram reforçadas nesta segunda. As linhas foram escolhidas por dar acesso às regiões que têm atendimento das linhas operadas pelos metropolitanos, como a orla e a região central da cidade. Ao todo, 42 ônibus foram remanejados para atender a operação.


Agentes da Semob e prepostos das concessionárias estão em locais estratégicos para orientar os usuários sobre a operação.



5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page