Professor foi assassinado, as especulações da motivação é que " tinha língua solta



Um assassinato a tiros foi registrado nesta manhã de quinta-feira (21), no Banco Central em Ilhéus. O crime aconteceu por volta das 07h.


O professor Reginaldo da Silva saía de casa para trabalhar, quando foi surpreendido pelos atiradores, ainda não identificados. Cerca de 10 tiros foram disparados e bastante ferido, Reginaldo não resistiu.


As especulações na região são de que ele tenha morrido por "ter a língua solta", como dizem na linguagem popular e isso teria desagradado à líderes do narcotráfico local.


Reginaldo era professor da Escola Municipal de Banco Central há mais de 16 anos. Não há detalhes sobre velório e sepultamento da vítima. A Polícia Civil de Ilhéus, por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, investiga o caso.

87 visualizações0 comentário