Processo de Neymar contra Zélia Duncan é extinto pela Justiça



A Justiça de São Paulo extinguiu o processo que o craque Neymar moveu contra a cantora Zélia Duncan. O jogador exigia um pedido de desculpas da artista, que o chamou de "decepção como cidadão". De acordo com a coluna de Diego Garcia, do Uol Esporte, o juiz José Fernando Steinberg entendeu que não existia a possibilidade de litigância no processo aberto por Neymar, já que era um pedido de explicações. Caso ele deseje manter a reclamação, deve abrir uma nova ação, com uma queixa-crime. Neymar considerou ter sua honra ofendida, e não aceitou a primeira explicação de Duncan. "Não sou de futebol, mas Neymar me parece até agora uma promessa como atleta e uma decepção como cidadão. Quer respeito? Dê-se a ele e mostre serviços. Ah, e pague seus impostos!", escreveu Duncan, após um jogo entre Brasil e Peru, em setembro de 2021, válido pelas eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo. Após o craque entrar com o processo, a cantora se defendeu. Disse que era impossível tirar de suas afirmações qualquer conteúdo penalmente relevante. Além disso, aifrmou que Neymar é uma pessoa pública, estando sujeito a críticas do grande público. O atacante, por sua vez, acredita que Zélia ultrapassou o limite da liberdade de expressão.

144 visualizações0 comentário