Prefeitura de Itabuna lança campanha de Atendimento Integral à Mulher em comemoração ao seu dia



A Prefeitura de Itabuna vai dedicar o mês de março a uma ação voltada para o Atendimento Integral da Mulher em comemoração ao Dia Internacional da Mulher que transcorre nesta terça-feira, dia 8. A ação será coordenada pelas secretarias municipais de Saúde e de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps) para oferecer serviços e ações públicas. Serão duas frentes de trabalho. A primeira, por meio do projeto Dia “D” pela Cidade, pela Mulher, que acontecerá na quarta-feira, dia 9, na Praça Olintho Leone, das 9 às 13 horas, com a oferta de serviços sociais e de saúde para o público feminino. Neste mesmo dia ainda serão disponibilizados serviços de cabeleireiro, massoterapia e maquiagem. Entre os serviços que serão oferecidos estão: testagem rápida para detecção precoce de Infecções Sexualmente Transmissíveis – ISTs, agendamento de exames como ultrassonografias, mamografias, exames laboratoriais, citologias, consultas e ações educativas voltadas à saúde da mulher com orientações e entrega de panfletos. A segunda, nos dias 15, 16 e 17 no Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, das 9 às 14 horas, por meio da disponibilização de serviços ambulatoriais e agendamento de cirurgias para pacientes (mulheres) que já dispõem de requisição médica. De acordo com a secretária municipal de Saúde, Lívia Mendes Aguiar, as ações têm por objetivo reduzir a fila de espera para cirurgias ginecológicas (histerectomias), colecistectomia (cirurgia de vesícula) e herniorrafia, além de otimizar o acesso a exames e consultas ginecológicas e com mastologistas para fortalecer e incentivar o cuidado integral à saúde da mulher. O Hospital de Base, cumprindo sua função social e de serviços a serem prestados à comunidade de Itabuna, ofertará serviços de nível hospitalar para as mulheres do município. “Essa ação de iniciativa da Prefeitura tem imenso impacto na vida das mulheres que aguardam há muito tempo a oportunidade de uma cirurgia eletiva. Sabemos que nos últimos anos não foram realizadas cirurgias desse tipo, então a fila de espera é grande e crescente, nosso propósito enquanto gestão é dar início ao andamento dessa fila”, diz a presidente da Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna, Fernanda Ludgero.

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo