top of page

Polícia procura pai suspeito de matar e enterrar filha no quintal



A Polícia Civil de São Paulo está procurando por Guttenberg Peixoto Alves de Souza, um homem de 42 anos suspeito de matar a própria filha, Agata Gonzaga Peixoto, de 17 anos, e enterrá-la no quintal de casa. O crime aconteceu em Ilha Comprida, no litoral paulista.


A jovem, que era dada como desaparecida há mais de um ano, teve a ossada encontrada no quinta da casa da família em novembro de 2022. O delegado Carlos Eiras, de Ilha Comprida, no entanto, só relatou o inquérito na última segunda-feira (19).


A Polícia Civil pediu a prisão preventiva do homem, que está foragido desde o ano passado, e diligências vem sendo feitas.


O caso


Agata desapareceu após três meses morando com o pai. Além da ossada achada na casa, pesam contra o suspeito o fato de ele ter mentido sobre o paradeiro da menina. Testemunhas afirmam que a vítima tinha medo do pai e o desaparecimento teria acontecido após questionamentos da família contra o pai.

39 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page