Polícia Militar continua operação na cidade de Itabuna; segundo bandido morre em confronto




A polícia militar da Bahia realiza desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira (13) em todo estado, a Operação denominada Força Total.

Em Itabuna, um homem tombou em confronto nesta manhã em caso ocorrido no bairro Nova Ferradas, e de acordo com novas informações, a operação continua por tempo indeterminado.




No bairro Mangabinha, a Polícia Militar, em continuidade desta operação, e de acordo com informações de momento, um indivíduo conhecido no mundo do crime pelo apelido Graveto, e cuja identidade é Gabriel Barbosa Santos Silva, 22 anos, tombou em confronto direto com os agentes do Estado.


Graveto era bastante conhecido pela polícia, e também pela população que mora no bairro Mangabinha. Contra Ele, várias acusações de homicídio, e tráfico de drogas na cidade.

Em dezembro de 2019, por exemplo, Graveto foi preso, e por duas vezes, ambas pela acusação do assassinato de Gilmar Brandão Costa, mais conhecido como “Mazinho". O crime aconteceu em setembro daquele ano. (Relembre aqui).

A primeira prisão de Graveto em decorrência deste homicídio foi no dia 04 de dezembro, em Una, (Acusado de matar “Mazinho” no Mangabinha, é preso em Una, onde comandava o tráfico de drogas, mas logo, a justiça brasileira favoreceu para que o indivíduo de alta periculosidade fosse colocado novamente em liberdade.

Dias depois, foi preso novamente, desta vez, no bairro Mangabinha, horas após aparecer em um vídeo, perseguindo e atirando contra um homem. (Em 2019, meses após matar Mazinho, Graveto tenta homicídio no bairro Mangabinha em Itabuna).

240 visualizações0 comentário