Operação Funil prende 8 acusados de integrar quadrilha com base na Ilha de Vera Cruz



A Operação Funil, deflagrada na manhã desta terça-feira (9), prendeu ao todo oito pessoas. Segundo a Polícia Civil, que comanda os trabalhos, os suspeitos são acusados de integrar uma quadrilha autora de homicídios e tráfico de drogas. Com base na localidade de Jiribatuba, na Ilha de Vera Cruz, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), o grupo tem atuação também em outras cidades do interior baiano, como Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo, e Camaçari, também na RMS. Sete dos mandados de prisão foram cumpridos nesta terça e um deles na noite desta segunda-feira (8). Um homem, apontado como líder da quadrilha, foi preso em flagrante quando tentava embarcar em um voo para Portugal, no aeroporto de Salvador (veja aqui). Liderada pelos Departamentos de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), de Polícia Metropolitana (Depom), a Operação Funil tem o apoio do Departamento de Polícia do Interior (Depin), por meio da 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) de Santo Antônio de Jesus, e da Coordenação de Operações Especiais (COE). Colaboraram com as diligências equipes de Reconhecimento Facial da Superintendência de Gestão Tecnológica e Organizacional (SGTO) da Secretaria da Segurança Pública (SSP), guarnições da Polícia Militar da RMS e setores de Inteligência da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (SEAP) e da Polícia Federal.

14 visualizações0 comentário