Operação apreende quase R$ 200 mil por fraude em prefeitura



Um montante de R$ 200 mil foi apreendido em Campo Alegre de Lourdes, cidade baiana na divisa com o Piauí. A Operação Primus, como foi denominada, foi desencadeada para apurar um esquema de desvios de recursos públicos com origem na prefeitura de Baixa Grande do Ribeiro, no Piauí.



Segundo o G1, ao todo foram cumpridos 41 mandados de busca e apreensão contra políticos, servidores públicos e empresários nos estados do Piauí, Bahia e Maranhão. Conforme a investigação, os investigados usavam empresas de fachada, que eram contratadas com sobrepreço pelo gestor municipal.



Apesar da não execução da obra, o repasse do recurso público era feito para as contas bancárias dos empresários, políticos e seus familiares. A operação foi comandada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Piauí.



Na operação, foi bloqueada a quantia de mais de R$ 1,8 milhão que estava em posse dos investigados. A medida foi expedida pelo desembargador relator Sebastião Ribeiro Martins, da 1ª Câmara Especializada Criminal do Tribunal de Justiça do Piauí.



A ação teve apoio das polícias Civil e Militar e Rodoviária Federal dos estados envolvidos, além de equipes do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI) e da Controladoria-Geral da União no Piauí (CGU-PI).

2 visualizações0 comentário