Mulher baleada no Mangabinha está na reanimação do Base



Segue internada, em estado grave, no setor de reanimação do Hospital de Base, a mulher que foi baleada na noite desta segunda (6), com um tiro de pistola na cabeça no bairro Mangabinha, em Itabuna. Maria Clara Barbosa, de 37 anos, perdeu massa encefálica e, devido a gravidade, os moradores socorreram a mulher pro Base em carro particular. Segundo informações preliminares, ela não foi vítima de bala perdida, e sim alvo dos pistoleiros, pois um dos três bandidos pediu, para que ela se afastasse de uma garotinha que estava próximo a ela. Na mesma ação, Jucimar Alves (Mamar) foi fuzilado com vários tiros de pistola. Ele morreu na hora dentro de um carro Gol branco. Mamar já tinha diversas passagens na polícia e era membro do DMP, tendo sido preso uma vez com o traficante Tica Tica, que é o líder da facção, no bairro Banco Raso. Dezembro já conta com 2 homicídios e, em 2021, Itabuna contabiliza; 47 assassinatos + 22 bandidos mortos = 69 mortes violentas.

333 visualizações0 comentário