top of page

Morre em Salvador após complicações clínicas o vocalista Kocó do Lordão





Nesta segunda-feira (19), Itabuna e região tiveram uma triste notícia do meio artístico. Morreu  Clóvis Figueiredo Leite, o Kocó, dono e líder da banda Lordão.

Kocó estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital na capital do Estado. Nos últimos dias, sua situação clínica complicou-se, até que não mais resistiu, tendo vindo à óbito nesta manhã de segunda-feira.


Kocó foi pioneiro na música festiva baiana, tendo estado à frente do Lordão por várias décadas. Era querido e admirado pela comunidade. Ainda não há informações acerca de translado do corpo, velório e sepultamento. Ele tinha 72 anos e deixa esposa, dois filhos e cinco netos.

18 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page