Miss. Rogéria Santos e Bispo Sérgio Simplício recebem comenda autogarda pelo dep. José de Arimateia

Atualizado: 14 de mai.



Foram homenageados à missionária Rogéria Santos, com a Comenda 2 de Julho e os bispos Antônio Esteves e Sérgio Simplício, com Título de Cidadão Baiano A Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) homenageou três líderes religiosos na tarde desta quinta-feira (12), em sessão especial que lotou o Plenário Orlando Spinola e a Galeria Paulo Jackson de fiéis, pastores, missionários, autoridades, entre outros cidadãos. A sessão especial, que teve como proponente o deputado José de Arimateia (Republicanos), outorgou a Comenda 2 de Julho à missionária Rogéria Santos e os títulos de Cidadão Baiano aos bispos Antônio Esteves e Sérgio Simplício. Ao abrir os trabalhos, após a execução do Hino Nacional, Arimateia fez questão de registrar que as três propostas foram aprovadas por unanimidade pela Casa, ao passo que agradeceu aos colegas parlamentares e ao presidente da ALBA, deputado Adolfo Menezes. A solenidade conjunta contou com as presenças dos deputados Jurailton Santos e Talita Oliveira, ambos do Republicanos, que conduziram ao plenário os homenageados, sob os aplausos da plateia. Convalescendo de uma cirurgia recente, o bispo Antônio Esteves não pode comparecer ao evento e foi representado pelo pastor Navarro Silva. A atuação do bispo Esteves à frente ao Conselho de Pastores, Teólogos e Oficiais Evangélicos do Brasil e do Exterior foi exaltada tanto pelo proponente, quanto pelo pastor Navarro Silva, que usou a tribuna para relatar que o trabalho da instituição, sem fins lucrativos, “capacita pastores e evangelistas para o resgate das vidas de usuários de drogas e dependentes de álcool”. Em vídeo gravado e exibido na sessão, o novo cidadão baiano, de nacionalidade portuguesa, falou um pouco de sua missão desde que chegou ao Brasil, no ano de 2005. Também recebeu o Título de Cidadão Baiano o carioca Sérgio Simplício, bispo casado com oura pessoa homenageada da tarde, a missionária Rogéria Santos. O deputado Arimateia descreveu a trajetória do casal dedicada à obra missionária, chegando a atuar em Moçambique e Angola, auxiliando as vítimas da guerra civil. Porém o que recebeu destaque na solenidade foi o trabalho humanitário do bispo Simplício em unidades prisionais da Bahia, como a Colônia Penal Lafayete Coutinho e o Complexo Lemos de Brito. O projeto recebeu o nome de Universal nos Presídios (UNP) e hoje é coordenado pelo pastor Márcio Silva, que fez a entrega da honraria ao pastor na sessão. A assistência prestada pela UNP também se estende aos familiares, através de ações nas portas dos presídios e atendimento espiritual e jurídico, destacou José de Arimateia, informando ainda que o religioso comanda um programa de rádio voltado ao público carcerário e seus familiares. Chamado ao púlpito, o bispo Simplício quebrou o protocolo, convidando o chefe do Centro de Planejamento Operacional do Comando de Operações da PMBA, tenente-coronel Júlio Cesar Ferreira dos Santos, para falar em seu nome; o militar fez um relato de quando o bispo debelou, “intercedendo com fortes orações em uma batalha espiritual”, um motim em um conjunto penal de Itabuna. Ex-vereadora de Salvador (2017-2020) e ex-secretária de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude de Salvador (2019-2020), a missionária Rogéria Santos recebeu a Comenda 2 de Julho das mãos de Conceição Braga. Além de uma breve biografia em vídeo, Arimateia também ratificou momentos da trajetória da missionária, como a inauguração do novo Centro de Referência Especializado de Atendimento à Mulher Arlette Magalhães, no bairro de Cajazeiras. Sua atuação na Prefeitura de Salvador também foi lembrada pela secretária estadual de Políticas pelas Mulheres, Julieta Palmeira, que gravou vídeo parabenizando a ex-gestora sobretudo “no seu compromisso no enfrentamento à violência contra as mulheres”.



33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo