Ministro da Justiça promete tomar providências contra filme de Danilo Gentili e Fábio Porchat


O Ministro da Justiça, Anderson Torres, se pronunciou sobre o filme “Como se tornar o pior aluno da escola” que tem gerado polêmica por conta de cenas de pedofilia que trouxeram grande revolta entre pais e a população brasileira em geral.

De acordo com Torres, providências serão tomadas em relação ao longa metragem que está disponível na Netflix há alguns dias, mas que foi lançado em 2017, podendo ser acessado em outras plataformas de streaming.

“Assim que tomei conhecimento de detalhes asquerosos do filme ‘Como se tornar o pior aluno da escola’ atualmente em exibição na Netflix, determinei imediatamente que os vários setores do Ministério da Justiça adotem as providências cabíveis para o caso!”, disse o ministro no Twitter.

A ministra Damares Alves, da Pasta da Mulher, da Família e Direitos Humanos, também falou sobre o caso, dizendo que desde o último sábado (12) ela e sua equipe estão apurando o caso através da Secretaria de Direitos da Criança e do Adolescente.

31 visualizações0 comentário