top of page

Jovem internada após cheirar pimenta deve ficar com sequelas cerebrais graves


A trancista Thais Medeiros, internada após cheirar um frasco de pimenta em conserva durante um almoço de família, não deve conseguir retomar as atividades habituais, de acordo com Rubens Dias, médico da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Anápolis e responsável pelo caso da jovem. Ela teve uma lesão neurológica irreversível e, provavelmente, ficará com sequelas graves.



49 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page