José de Arimateia luta por melhores condições para surdos na Bahia



Em visita à Associação de Surdos de Feira de Santana (ASFS) no último sábado (19), o deputado estadual José de Arimateia (Republicanos) conheceu a instituição, que há 12 anos presta assistência à população surda do município. Ao tomar conhecimento das dificuldades financeiras e estruturais que a ASFS e outras associações têm passado para exercer seu trabalho, o parlamentar fez questão de conferir pessoalmente para verificar de que maneira pode contribuir como parlamentar para que os surdos baianos vivam em melhores condições sociais.



Dispositivos legais como a Lei Brasileira de Inclusão (13.146/15) ou a que regulamenta a profissão de Tradutor e Intérprete de LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) (12.319/10) existem no papel, mas na prática, fazem falta à população de mais de 169 mil surdos na Bahia, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A dificuldade para obter uma colocação no mercado de trabalho, a falta de acessibilidade à informação com intérpretes de LIBRAS, sobretudo em serviços públicos como órgãos dos três Poderes, bancos e hospitais, são apenas alguns exemplos das dificuldades que os surdos passam, além da própria limitação. Instituições como a ASFS trabalham justamente na tentativa de minimizar estes problemas sociais dos cerca de cinco mil surdos de Feira de Santana. “Essas associações têm o poder de chegar aos cantos onde infelizmente o Poder Público não consegue alcançar. Se elas também sofrem com dificuldades, como fica a população?”, questionou José de Arimateia. Frente à necessidade de uma sede própria, o deputado confirmou que vai intermediar através de Ofício a solicitação da ASFS à Prefeitura de Feira de Santana de um local para o funcionamento da instituição, que atualmente trabalha num espaço emprestado provisoriamente no bairro da Queimadinha. Segundo a presidente da ASFS, Elaine Lima, as dificuldades chegam ao básico. “Até para manutenção, estamos fazendo vaquinhas para manter a associação”, revelou. Além de transmitir o pedido da sede ao prefeito Colbert Martins, o republicano pretende levar a situação ao conhecimento do Poder Público, incluindo os deputados estaduais e federais. “Na esperança da sensibilidade do Legislativo baiano vou apelar para que os senhores deputados levem ao orçamento anual e direcionem emendas para auxiliar estas instituições com o necessário para seu devido funcionamento”, finalizou Arimateia. Fotos: Cris Oliveira Link: http://josedearimateia.com.br/sem-categoria/jose-de-arimateia-luta-por-melhores-condicoes-para-surdos-na-bahia/

5 visualizações0 comentário