top of page

Irmãs mortas em Feira de Santana teriam sido assassinadas por engano; entenda




Uma briga entre facções criminosas rivais teria motivado a morte das duas irmãs, de 15 e 18 anos, no condomínio Residencial Parque da Cidade, no bairro Conjunto Feira VII. O crime, ocorrido no sábado (24), ganhou um novo capítulo nesta segunda-feira (26), com a informação, divulgada pela Polícia Civil, de que as jovens teriam sido confundidas. As vítimas foram identificadas como Débora Souza Barbosa Cosme e Nataly Barbosa Cosme. As duas chegaram a ser torturadas antes de serem alvejadas com tiros na cabeça, segundo a polícia. Conforme investigações, as irmãs, naturais de Salvador, foram alvejadas por homens que faziam parte de uma facção criminosa do bairro da Liberdade, rival de um grupo criminoso do conjunto Feira VII. As jovens teriam sido confundidas como moradoras de outra localidade.

Ainda no sábado, a polícia prendeu em flagrante um suspeito de envolvimento na ação. O homem passou por audiência de custódia na manhã desta segunda-feira (26) e teve a prisão convertida em preventiva. Ele está preso, à disposição da Justiça, no Complexo de Delegacias do bairro Sobradinho. Os investigadores procuram outro homem, que teria participação no crime.

54 visualizações0 comentário
bottom of page