top of page

Indígena traficante é executado a tiros em Cabrália


Um homem de origem indígena, acusado de liderar o tráfico de drogas no bairro Cruzeiro, em Santa Cruz Cabrália, foi assassinado a tiros na tarde da última sexta-feira (06). Dieliton Oliveira Matos, 29 anos, também conhecido como “Doze”, estava em um bar no povoado de São Geraldo, zona rural de Porto Seguro, quando foi surpreendido por dois bandidos que saíram de um carro branco e dispararam contra ele. Conforme apuração do Radar, “Doze” tinha um mandado de prisão expedido pela Justiça de Cabrália e estava refugiado em uma aldeia próxima ao local do ataque. Ele já tinha sido detido em outras ocasiões. Suspeita-se que o assassinato seja resultado de um conflito entre facções pelo domínio do tráfico de drogas em Cabrália. Em virtude da morte de Dieliton, que era neto de um pajé, lideranças indígenas determinaram o fechamento do comércio, incluindo barracas de praia, situados no parque pataxó em Coroa Vermelha, no sábado (07). Um comerciante, que preferiu não se identificar, classificou a decisão como abusiva. “Isso é um verdadeiro toque de recolher. Somos reféns. Não podemos permanecer abertos por medo de retaliações”, declarou. A investigação sobre o homicídio está em andamento. (Radar News)

32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page