Ilhéus: Suspeito de matar dentista em atropelamento se apresenta em presídio




O empresário Tharcísio Aguiar, de 38 anos, acusada de matar a dentista Ranitla Bonella, de 23 anos, em um atropelamento em um trecho urbano da BA-001 de Ilhéus, no Sul (lembre aqui), se apresentou no presídio da cidade nesta terça-feira (26), informou ao BN a Polícia Civil. Tharcísio era considerado foragido após ser decretada a prisão preventiva dele no dia 23 de junho.



O fato ocorreu no dia 11 de junho. A vítima voltava da praia para casa quando ao passar pela faixa de pedestre foi atingida pelo veículo. A jovem foi arremessada e chegou a bater em um guard rail. Ainda segundo informações, Tharcísio Aguiar chegou ao presídio acompanhado de um advogado.



À TV Santa Cruz, o defensor declarou que o cliente não havia se apresentado ainda porque desenvolveu um quadro de instabilidade emocional. A Polícia Civil informou ainda que Tharcísio deve ser interrogado, de novo, pelo Núcleo de Homicídio da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), para a conclusão do inquérito policial e encaminhamento do mesmo à Justiça.



O acusado não só teve a prisão preventiva decretada como também teve a suspenção da carteira de motorista (CNH).

10 visualizações0 comentário