Humorista é indiciado pela polícia após agredir companheira em Salvador



O humorista Lucas AK foi indiciado pela Polícia Civil da Bahia, por agredir a então companheira, em Salvador. O caso foi registrado na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) em 8 de maio, no feriado do Dia das Mães. A vítima, que tem um filho com o investigado e é digital influencer, divulgou o caso nas redes sociais.

O caso veio à tona na quinta-feira (26), depois que Kelly Pereira, que é natural do Rio Grande do Norte, publicou áudios e vídeos em que é agredida fisicamente e verbalmente por Lucas. Nesta sexta (27), a polícia informou que os dois já foram ouvidos, e que o agressor vai responder por lesão corporal.

Em um dos áudios divulgados por Kelly, Lucas diz que o erro dele foi não tê-la matado. Nos vídeos divulgados pela vítima, ele xinga e empurra a então companheira, a ofende com expressões gordofóbicas e atira as roupas dela no chão.

55 visualizações0 comentário