Homicídio em Macaraní; vítima tinha histórico de tráfico



Wadson Silva, 24 anos, foi assassinado na noite desta quarta-feira (12), em uma execução sumária e brutal. O jovem, que recentemente, esteve preso por conta de envolvimento com o tráfico, foi baleado com um tiro no tórax, fato ocorrido por volta das 21 horas na avenida Eujácio Brito próxima a Villa Rosa Calçados. Pela maneira como o fato ocorreu trata-se de uma execução (assassinato arquitetado), já que o assassino precisou de apenas um disparo para por fim a vida do jovem. Wadson Silva (de Cauzinha), como é mais conhecido pela referência a sua mãe que foi administradora do distrito de Itabaí, na gestão passada, deixa dois filhos, um dos quais havia menos de um mês de nascido. Wadson infelizmente sempre foi um jovem instável, e recentemente esteve preso por envolvimento com o tráfico de drogas. Como o local onde ocorreu o assassinato é quase deserto (entre o módulo esportivo e a Villa Rosa), a Polícia ainda não tem muitas pistas que possam levar a identificação do assassino. Ainda ontem a noite a Polícia Técnica fez o levantamento cadavérico e o corpo foi levado para o DPT de Itapetinga. Revista Geral Bahia)

63 visualizações0 comentário