Homenagens encerram comemorações dos 206 anos de Ferradas, terra de hospitalidade.




Hospitalidade. O vocábulo, que significa acolhida, ato de hospedagem ou qualidade do hospitaleiro, foi dito e repetido pela professora Eunice Dantas, 86 anos, ao se referir a Ferradas, primeiro núcleo povoado de Itabuna. Atualmente denominado bairro, a localidade surgiu em 1815 como aldeamento dos índios Guerens, Camacans e Pataxós e de outras tribos no sul da Bahia, sob a coordenação do frade capuchinho italiano Frei Ludovico de Livorno. Educadora aposentada da Rede Municipal de Ensino, dona Eunice foi uma das personalidades homenageadas pela Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC) com a 2ª edição do Prêmio Estrela Itabuna – Ferradas. A placa lhe foi repassada, sob intensos aplausos, pelo prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD), acompanhado da Primeira-dama e secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza, Andrea Castro. “Nesse momento, estou muito alegre em receber a homenagem e em conhecer o atual prefeito. Sou funcionária pública, desde os 14 anos. Vivi uma vida fantástica. Ferradas é uma terra de hospitalidade, onde cada um cuida do outro, se preocupa e coopera. É uma terra hospitaleira, de gente simples, mas dedicada a viver com dignidade e amor ao próximo” declarou. A seguir, pediu ao prefeito Augusto Castro que faça alguma coisa pelo lugar onde nasceu e mora até hoje. IN MEMORIAM Outras personalidades homenageadas foram Gustavo Veloso, 64, contabilista, bacharel em Direito, Euvaldo dos Santos, o Marreta, jogador de futebol, Aribaldo Rodrigues, dono da farmácia mais antiga de Itabuna, além de fotógrafo com mais de 50 mil imagens. Dona Ivani Veloso, 101 anos, considerada a “prefeita de Ferradas”, o advogado Carlos Eduardo Sodré, Robson Ferreira de Brito, o Peixe, diretor da Associação Cultural, o diácono da Igreja católica Trajano Osvaldo Oliveira Ribeiro e Francisco Lima, Du do Mercado. In memoriam, foram lembrados o escritor Jorge Amado, o médico Manoel Rodrigues, e os empresários Tarcísio Nascimento e José Alves Costa, Zé Bigode, e o professor e ex-secretário municipal e estadual de Educação, Adeum Hilário Sauer, falecido em setembro, aos 69 anos, que nos últimos anos empreendia em Ferradas, onde investia na ampliação da empresa Afrisul, mantenedora do Matadouro Municipal, responsável por mais de 50 empregos diretos. Na solenidade comemorativa dos 206 anos da antiga Vila Imperial, o prefeito de Itabuna, Augusto Castro, assinou Ordem de Serviço para construção do Espaço Comunitário de Ferradas, na Rua Frei Ludovico de Livorno. Na área em frente ao Cemitério, serão edificadas quadra de futevôlei, parque infantil e academia pública para pessoas de todas as idades, especialmente a prática de atividades esportivas por crianças e adolescentes. OFERTA DE SERVIÇOS “Ferradas é hoje um bairro de grande importância para o Brasil por ser local de nascimento do escritor Jorge Amado e pelo seu povo guerreiro e trabalhador que se dedica com afinco a viver em harmonia e respeito à vida”, disse. Augusto destacou ainda a oferta de serviços públicos durante todo o dia pelas fundações Marimbeta e FICC e pelas secretarias municipais de Promoção Social e Combate à Pobreza, Saúde, Agricultura e Meio Ambiente, Indústria, Comércio, Emprego e Renda e Governo.

8 visualizações0 comentário