top of page

Homem que presta serviço de segurança privada é suspeito de duplo homicídio indígena


Um homem suspeito de participar de um duplo homicídio indígena é procurado neste sábado (28), por equipes da Força Integrada (FI) de Combate a Crimes Comuns envolvendo Povos e Comunidades Tradicionais da Secretaria da Segurança Pública. O suspeito seria um dos responsáveis pelo homicídio de Samuel Cristiano do Amor Divino, 21 anos, e Nauí Brito de Jesus, 16.


Com prisão decretada no Extremo Sul do estado, o homem presta serviço de segurança privada. Armas, celulares, rádios comunicadores e entre outros dispositivos foram apreendidos pela polícia em um imóvel utilizado por ele.


"Estamos com equipes espalhadas pela região buscando o foragido que possui mandado de prisão temporária", contou o titular da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), delegado Moisés Damasceno.


O comandante do 8° Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Alexandre Costa de Souza, acrescentou que unidades territoriais e especializadas da PM atuam em conjunto promovendo varreduras. "O patrulhamento segue reforçado na região por tempo indeterminado", completou.

20 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page