Homem acusado de matar primo que tropeçou em seu cachorro em Euclides da Cunha é preso


Um homem acusado de matar seu primo após ele tropeçar no seu cachorro, em 2002, foi preso nesta sexta-feira (9), em São Paulo. Ele era investigado pela 25ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), de Euclides da Cunha, no interior da Bahia, mas estava foragido na capital paulista.


O coordenador da 25ª Coorpin, delegado Paulo Jason Mello Falcão, explicou como o crime ocorreu. “A briga aconteceu em um bar. A vítima, ao adentrar o estabelecimento, tropeçou em um cachorro. O dono do animal não gostou e desferiu golpes de faca contra a vítima, que era seu primo. Ele não resistiu. Desde o crime, o homem fugiu”, disse.

A Polícia Civil da Bahia entrou em contato com a Polícia Militar paulista e descobriu onde o homem estava escondido. “De imediato os policiais se deslocaram e cumpriram o mandado de prisão por homicídio qualificado contra o homem de 60 anos”, afirmou o delegado. O autor do crime foi encaminhado para a delegacia e será recambiado para a Bahia, onde ficará à disposição da Justiça.

30 visualizações0 comentário