Homem é preso por engano na Paraíba por crime em Vitória da Conquista




Um homem segue preso em João Pessoa, na Paraíba, acusado de ter cometido um crime em Vitória da Conquista, no Sudoeste baiano. Familiares de Daniel Medeiros da Silva – um contador que mora em Campina Grande, também na Paraíba – afirmam que ele foi preso por engano. A família diz que os documentos de Daniel foram clonados pelo verdadeiro autor do crime.

Conforme o G1, o contado passeava no dia 17 de maio com a família quando foi parado por uma viatura da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os agentes conferiram a documentação dele e viram que existia um mandado de prisão em aberto contra Daniel. No mandado judicial havia a informação que ele teria participado de crime contra bancos e fugido de um presídio em Vitória da Conquista.

A família disse que além de nunca ter se envolvido em crime, Daniel nunca foi à Bahia. Ainda segundo informações, o delegado Luiz Eduardo, que acompanha o caso, disse que logo que a prisão foi feita, ele conseguiu uma foto do foragido e percebeu que se tratavam de pessoas diferentes. Após isso, o delegado orientou a defesa a solicitar uma comparação das impressões digitais.

A defesa do contador aguarda decisão da Justiça da Bahia para revogar a prisão do contador.

32 visualizações0 comentário