top of page

Homem é preso após conseguir fingir que é ator para Agência bancária


O homem preso na terça-feira (12), em Salvador, usando dados do ator Chay Suede para cometer fraude em uma agência bancária, chegou a fazer uma transferência Pix com R$ 1 mil com limite do cheque especial.

Depois disso, contudo, o aplicativo bloqueou a conta e o suspeito foi até uma agência do Banco Regional de Brasília (BRB) na Avenida Tancredo Neves, no Caminho das Árvores, para tentar liberar o uso do app.


No local, contudo, funcionários desconfiaram porque a foto enviada para o cadastro, do ator Chay Suede, era muito diferente do homem que se apresentou. Ele portava um RG com o nome de batismo de Chay, mas outra foto.


Os funcionários do banco acionaram a Polícia Militar e equipes da 35ª Companhia Independente (CIPM) prenderam o suspeito.


A delegada Marita Souza, da 16ª Delegacia (Pituba), explicou porque os bandidos podem ter visado Chay no golpe. "Eles escolhem a pessoa aleatoriamente. Claro, sendo uma pessoa conhecida, eles vão escolher por conta de que vai conseguir um limite mais alto, e de fato conseguiram, tanto no cheque especial como no cartão. Chegou a fazer transferência de R$ 1 mil, mas o próprio banco desconfiou devido a tantas solicitações da mesma conta", disse ela à TV Bahia.


Agora, a polícia também investiga outros envolvidos. "Ele alega que o responsável pela confecção do documento falso é outra pessoa. Levantamos o nome desse segundo indivíduo e estamos investigando para conseguir alcança-lo. Ele (o preso) ficaria responsável por ir na agência e fazer essa movimentação, desbloquear", conta.


A polícia também apura se conta que recebeu o Pix de R$ 1 mil foi aberta com dados falsos e a quem pode pertencer.


O suspeito preso, que não teve nome divulgado, segue detido e passará por audiência de custódia.



18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page