top of page

Homem é condenado a mais de 57 anos de prisão por triplo homicídio



O 1° Tribunal do Júri da Comarca de Salvador condenou Ricardo Santana Borges Pitanga na quarta-feira, 17, a 57 anos e nove meses de prisão pelo triplo homicídio de Cristiane Alves Pergentino, Patrícia Ângelo de Castro e Priscila Ângelo de Castro. Segundo o promotor de Justiça Cássio Marcelo de Melo, responsável pela acusação, o réu assassinou as três mulheres na frente de uma criança de apenas 12 anos de idade, que seria filho de Priscila.

O crime foi cometido em maio de 2019, uma semana após a esposa de Ricardo descobrir que ele teve um envolvimento amoroso extraconjugal com Patrícia, que era vizinha do casal, explicou o promotor de Justiça. Segundo ele, Ricardo assassinou com golpes de faca Patrícia, a irmã gêmea Priscila e sua companheira Cristiane sem que elas tivessem qualquer possibilidade de defesa. Ontem ele foi condenado e teve sentença proferida pela juíza Gelzi Maria Almeida Souza Matos.

43 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page