"Galego do Califórnia" que consertava arma para facção tomba no Japu




Nesta sexta-feira (13), policiais da 7ª Coorpin e Cipe cumpriram mandado de busca, apreendendo diversos objetos relacionados a crimes em Ilhéus. Rodrigo Novo Fernandes (Galego do Califórnia), que estava na residência situada no distrito do Japu, investigado como armeiro da facção criminosa Tudo 2/Raio A, ao perceber que policiais estavam se aproximando da residência, abriu fogo livre contra os policiais que revidaram, atingindo o indivíduo, que foi socorrido por uma das equipes e levado ao Hospital Costa do Cacau, onde veio a óbito. Em Itabuna, Galego foi preso em março de 2019 com pistola e duas réplicas de fuzil. Enquanto isso, os policiais que estavam no local cumpriram o mandado, encontrando diversas máquinas de tornearia utilizadas para fabricação de armas e carregadores, 1 máscara de soldador, 1 cilindro de oxigênio, 1 fardamento com calça cargo, cinto preto com coldre de perna, 1 colete balístico completo com capa preta, 2 balaclavas pretas, 1 par de luvas pretas. Foram encontrados, ainda, diversos moldes para carregadores simples e estendidos, monofilares, diversos pinos para colocar numeração nas armas, balança de precisão, 2 pistolas 9mm, 1 revólver calibre .22, 1 revólver calibre .38, 01 espingarda, 1 réplica perfeita de metralhadora cal 6mm, diversas munições originais de diferentes calibres e diversos pares de empunhadores para revólveres. O material foi apresentado na Coordenadoria da 7ª Coorpin para as providências de polícia judiciária cabíveis. Em 2022, Ilhéus contabiliza 29 assassinatos + 13 bandidos omrtos = 42 mortes violentas.


141 visualizações0 comentário