top of page

Ex-governador da Bahia, prefeito deve ser alvo de ação que pede afastamento por incapacidade


O prefeito de Guanambi, no Sertão Produtivo, Sudoeste baiano, Nilo Coelho (União) deve ser acionado na Justiça, com pedido de afastamento do cargo. Segundo o Achei Sudoeste, parceiro do Bahia Notícias, a acusação é por uma “suposta incapacidade civil”.



Por conta do caso, a ação deve ser protocoladas ainda nesta segunda-feira (16) na Vara Cível de Guanambi e no Ministério Público Federal (MPF). A suspeita é que o gestor e ex-governador da Bahia, que tem atualmente 80 anos, estaria sem condições de exercer o cargo, o que refletiria em má administração e atitudes equivocadas.



Em um trecho do documento, fala-se em “evidente estado de saúde debilitado”, “confusão mental” e até uso do gestor “como fantoche”, o que causaria a nulidade dos atos praticados pelo mesmo. Nilo Coelho foi governador da Bahia entre 1989 e 1991.



Ainda segundo uma das ações, “a população reconhece a ampla biografia do gestor, que foi governador, deputado e prefeito por quatro oportunidades, mas que a mesma população não pode ficar refém de sua biografia e desta situação”, diz trecho da ação.

23 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page