'Errei redondamente': José de Abreu pede desculpas a Tabata Amaral




José de Abreu pediu desculpas por uma postagem violenta sobre a deputada Tabata Amaral (PSB-SP) nas redes sociais. Durante entrevista para o canal "Fala, Lola, Fala", no YouTube, o ator disse que errou e contou que precisa fazer uma autocrítica. "Eu errei redondamente. Eu tenho 75 anos. A minha vida é repleta de erros, e uma das coisas que eu aprendi é que quando você é muito crítico, você tem que aprender a fazer uma autocrítica. A autocrítica é a coisa mais difícil que existe". "Vou fazer escrever um pedido de perdão para Tabata, e vou propor uma atitude. Vou propor uma atitude política. Esse fato aconteceu sábado retrasado. No domingo, foi aquela coisa do cancelamento. [...] O que eu gostaria de discutir é que essa é uma desconstrução diária que a gente tem que fazer contra racismo, homofobia, misoginia, machismo. Posso falar mal da minha mãe? Ou como é mulher é machismo? Minha mãe era machista, racista. Fui criado em um ambiente extremamente fascista.", diz o ator de 75 anos no canal "Fala, Lola, Fala", no YouTube. RELEMBRE O ator repostou a publicação no Twitter em que dizia que iria socar a deputadata Tabata Amaral (PSB) "até ser preso". A publicação viralizou nas redes sociais e o ator recebeu duras críticas pela atitude machista. A deputada disse que iria processar o ator por ele incentivar agressões físicas contra a política. "O intuito dessas mensagens de ódio e ameaças tão violentas e agressivas é fazer com que eu tenha medo e deixe de defender aquilo que eu acredito. Me indigna ver que moramos em um país onde se tolera que uma pessoa com meio milhão de seguidores propague uma ameaça de agressão física a uma mulher, independente de quem seja. E com tentativa de silenciá-la, no meu caso, por eu ser uma pessoa que atua politicamente", diz a deputada à Veja.

61 visualizações0 comentário