'' Diabão de SP'' choca ao remover dedo e implantar dentes de prata



O homem conhecido como "Diabão", de Praia Grande, no litoral de São Paulo, relatou ao G1 nesta terça-feira (6) que fez novas modificações corporais, incluindo a remoção do dedo anelar, em um projeto para deixar a mão mais parecida com uma garra, e o uso de uma dentadura de prata, que contém presas laterais (veja acima).


Segundo Diabão, a meta é ser o homem mais modificado do mundo e entrar para o Guinness Book, o livro dos recordes. Michel Praddo, de 46 anos, e a esposa Carol Praddo, de 36, conhecida como 'Mulher Demônia', têm quase todo o corpo tatuado e várias modificações, incluindo chifres implantados na testa. Diabão já havia retirado parte do nariz, cortado as orelhas e alongado os dentes. Mas, atualmente, já fez outras mudanças em seu corpo

73 visualizações0 comentário