top of page

Deputada Rogéria Santos sugere ao Ministério da Saúde atendimento especializado no SUS para pacientes com fibrose pulmonar idiopática

A deputada federal Rogéria Santos (Republicanos-BA) sugeriu ao Ministério da Saúde a inclusão do atendimento especializado no SUS e o acesso à

medicamentos para pacientes com fibrose pulmonar idiopática.


A indicação da parlamentar n° 244/2024 fundamentou que a doença causa fibrose no parênquima pulmonar (detectada pela tomografia de tórax) e perda da função pulmonar e, apesar de a causa não ser bem definida, pode estar associada a vários fatores predisponentes.


De acordo com a pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Apoio à Família com Hipertensão Pulmonar e Doenças Correlatas (ABRAF) os principais desafios apontados por pessoas que vivem com Fibrose Pulmonar Idiopática (FPI) são: a falta de acompanhamento em centros de referência, dificuldade de

acesso a tratamento multidisciplinar e a medicamentos.


Nessa conjectura, a deputada reforçou que é preciso pensar na qualidade de vida dessas pessoas: “ São mais de 1000 mil pessoas no país que são acometidas com essa doença e que muitas vezes não conseguem fazer o tratamento adequado, perdendo qualidade de vida e a capacidade de respirar, por isso é extremamente necessário possibilitar esse acesso e tratamento especializado no sus" ressaltou.

167 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page