Caetité: PF prende chinês acusado de lavar dinheiro de cartéis internacionais



Um homem de nacionalidade chinesa e panamenha foi preso em Caetité, no Sertão Produtivo, Sudoeste do estado, pela Polícia Federal (PF). O acusado, de 48 anos, é suspeito de integrar uma organização internacional de lavagem de dinheiro em larga escala. Segundo a PF, ele é acusado de transferir uma soma de dinheiro oriundos do tráfico de drogas nos Estados unidos [EUA] e na Europa para países das Américas do Sul e Central, além da Ásia. A prisão ocorreu na tarde desta terça-feira (4).

Ainda conforme a polícia, no período entre abril de 2016 e julho de 2017, o homem teria lavado mais 900 mil dólares para cartéis mexicanos e colombianos que atuam no tráfico de drogas internacional. As quantias obtidas no tráfico eram inseridas primeiro no sistema bancário dos EUA. Depois, as somas eram transferidas para contas em Hong Kong, controlados pelo acusado.

O estrangeiro teve a prisão preventiva decretada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), com base em representação do Escritório Central Nacional da Polícia Federal no Brasil, fundado no Tratado de Extradição firmado entre Brasil e os EUA.

O chinês-panamenho foi levado para o presídio de Vitóroia da Conquista, tambpem no sudoeste, onde segue à disposição da Justiça.

23 visualizações0 comentário