Antes oposição, Castro marchará com grupo de Rui em 2022: 'Político tem que ter lado'




Filiado ao PSD desde 2019, o prefeito de Itabuna, no litoral sul baiano, Augusto Castro, reforçou que caminhará de acordo com os desejos de sua legenda e apoiará o grupo político do governador Rui Costa (PT) para as eleições de 2022. Antes de chegar ao PSD, Castro era filiado ao PSDB - legenda onde ficou entre 2009 e 2018 - e fazia parte da oposição ao governo da Bahia na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA).

Castro afirma que cumpriu seu papel na oposição, mas ressalta que hoje faz parte da base do governo. "Hoje eu sou governo, sou do PSD sob liderança do senador Otto Alencar. Estamos no projeto do senador Jaques Wagner, nosso grupo político e diversos prefeitos pela Bahia, isso é natural, político tem que ter lado. Nosso compromisso é o alinhamento com o senador Otto Alencar e o governador Rui Costa", afirmou o prefeito na manhã desta segunda-feira (6), durante inauguração do Hospital Materno-Infantil, em Ilhéus.

Para o gestor municipal, a eleição na Bahia é "nacionalizada" e historicamente tem força nacional. "Tem fortalecimento do candidato a presidente nacional, com o candidato a governador. Os partidos PSD, PP, PT, PSB, PCdoB, todos os partidos, vão definir o melhor nome para suceder o governador Rui Costa", finalizou Castro.

10 visualizações0 comentário