top of page

Aluno que assassinou professora treinou facada em travesseiro dentro da própria casa


A cena de tragédia protagonizada por um aluno, de 13 anos, da Escola Estadual Thomázia Montoro, situada na Vila Sônia, na zona oeste de São Paulo, foi antecipada dentro do sótão da própria casa do indivíduo, onde ele mora com os pais. É o que garantiu o estudante em depoimento à polícia local, de acordo com informações divulgadas pelo portal Metrópoles.


O adolescente mencionou que tinha o costume de ficar horas sozinho dentro do cômodo porque “era onde tinha mais privacidade, para ficar mais à vontade”. Ainda em declaração à corporação, o autor do ataque, que matou uma professora e deixou outras quatro pessoas feridas, mencionou que planejava cerca de dois anos o ataque.


Para o crime, o jovem tinha o projeto de usar uma arma de fogo, porém, como ele não conseguiu comprar o armamento, optou pelo uso de uma faca. A professora morta, identificada como Elisabeth Tenreiro, tinha 71 anos, e foi assassinada com dez golpes de faca. As outras vítimas - três já tiveram alta e uma continua internada.


49 visualizações0 comentário

Commenti


bottom of page