top of page

Grupo Meusite 4

Público·111 membros

Cirurgia Para Parar De Usar Oculos



Os avanços tecnológicos possibilitaram que a Cirurgia para Correção a Laser alcançasse um número maior de pessoas. Além disso, ela é personalizada: o laser é programado de acordo com o grau do paciente e resolve outros problemas. É possível corrigir pequenas imperfeições da córnea, que atrapalhariam o resultado de uma cirurgia normal. A personalização permite que o paciente tenha uma visão melhor do que tinha antes, com os óculos ou lentes de contato.




cirurgia para parar de usar oculos



Tem pessoas que não conseguem fazer coisas simples sem óculos. Para lavar o rosto ou escovar os dentes pela manhã, é preciso colocar os óculos. Em dias de muito sol, é preciso usar óculos escuros feitos com lentes de grau. Em casos assim, os benefícios ultrapassam o valor da intervenção e a cirurgia a laser traz ainda praticidade e conforto estético.


Contudo, ele ressalta que a proposta da cirurgia é reduzir a dependência dos óculos. Normalmente, o paciente realmente deixa de usar óculos. Mas podem ocorrer casos em que, apesar da diminuição de grau, permanece a necessidade do uso de óculos em algumas situações, como dirigir à noite ou ler um livro, por exemplo. window.uolads.push( id: 'banner-300x250-3-area' );


Riscos e ComplicaçõesA cirurgia a ser realizada, face a possibilidade da ocorrência de riscos e complicações, não permite ao cirurgião e sua equipe assegurar garantia expressa ou implícita de cura e que não está afastada a necessidade de tratamento complementar com colírios, visando a reforçar a ação da cirurgia. Além dos riscos possíveis associados a qualquer procedimento cirúrgico, tais como infecção, parada cárdio-respiratória, reação alérgica, etc.


* Correção impropria pode haver hipocorreção, hipercorreção e astigmatismo induzido, que em alguns casos podem ser tratados através de nova cirurgia.* Recuperação visual: 24 à 48 horas com estabilização em aproximadamente, 30 dias.* Nesse período poderá haver flutuação visual.* Infecção: Apesar de rara, pode ocorrer como em qualquer procedimento cirúrgico.* Dificuldade de visão para perto e cansaço visual: podem ocorrer sendo necessários exercícios ortópticos e/ou óculos para perto.* Nos indivíduos acima de 40 anos de idade a cirurgia não corrige o grau para perto (presbiopia), incluindo, entre outras complicações citadas na literatura médica como, perda de visão, infecção, atrofia ou perda do olho ainda não constatada em nosso serviço.* Possibilidade da ocorrência de complicações, especialmente em longo prazo, ainda não conhecida pelos oftalmologistas, e que poderiam influenciar o resultado da cirurgia.


Aliando experiência e alta tecnologia, o Centro Campineiro de Microcirurgia é especializado no diagnóstico, tratamento clínico e cirúrgico das doenças dos olhos. Nossa equipe está ao seu dispor para cuidar da sua visão. Saiba Mais


Embora a cirurgia refrativa a laser tenha se tornado um procedimento rotineiro, é imprescindível a ida a um cirurgião oftalmológico especializado neste tipo de intervenção para minimizar os riscos desta cirurgia e garantir o seu sucesso.


En Área Oftalmológica Avanzada Contamos com uma equipe de profissionais especialistas em cirurgia refrativa LASIK, que desde a primeira visita o orientará e realizará todos os exames adequados para determinar se você pode fazer cirurgia de visão e qual o tipo de procedimento mais adequado.


Além disso, somos pioneiros em tecnologia para minimizar os efeitos colaterais da cirurgia a laser, como olho seco associado à cirurgia refrativa, graças ao uso do ThermaEye Plus nas consultas pré-operatórias. Esta é a primeira máquina projetada e oftalmologicamente testada para combater os olhos secos, ajudando também a evitar esse efeito colateral após a intervenção.


Muitas pessoas têm dificuldade em enxergar letras e objetos de longe e sonham em deixar de usar óculos ou lentes de contato. Nesses casos, a cirurgia de miopia é o procedimento cirúrgico mais indicado. Mais precisamente, a correção refrativa é feita por meio do laser e é indicada para pacientes que já têm o grau de miopia estabilizado.


O primeiro passo é consultar um especialista no assunto para que os primeiros exames sejam feitos e o diagnóstico seja realizado. O oftalmologista saberá informar sobre qual tipo de cirurgia é a mais indicada e analisar os exames cuidadosamente para que o tratamento tenha sucesso. Quer saber quais são os procedimentos para uma cirurgia de miopia? Veja abaixo uma lista com os principais passos.


Nenhuma cirurgia de miopia pode ser realizada sem que os devidos exames sejam feitos. O conjunto de exames oftalmológicos tem o objetivo de verificar se a curvatura da córnea, pois cada pessoa tem imperfeições diferentes. A tomografia da córnea é um dos exames mais importantes justamente porque revela se a espessura do paciente é adequada para fazer a cirurgia. Além disso, a avaliação do fundo do olho e o mapeamento da retina fazem parte do procedimento que antecedem a cirurgia.


Depois que todos os exames preparatórios são realizados e o oftalmologista marca a cirurgia de miopia. Colírio anestésico é pingado no olho do paciente e suas pálpebras são presas em uma espécie de grampo para evitar que ele pisque durante o procedimento.


A cirurgia de miopia não demanda muito tempo e todo o processo não dura mais que 15 minutos. O primeiro passo para a correção da miopia é cortar a membrana que envolve a córnea, que se chama epitélio. Isso é necessário para que o laser faça a correção da maneira apropriada. Em seguida, será feito o nivelamento da córnea por meio do Excimer Laser. Os tecidos serão separados em uma determinada profundidade da córnea, sem a necessidade que seja feito um corte. Depois, a correção dos graus é feita por meio da retirada do tecido da córnea de acordo com as necessidades de cada paciente.


Essa cirurgia pode ser auxiliada pelo laser de Femtosegundo, uma alternativa que oferece diversas vantagens. Tanto é que pode ser indicado para pacientes que têm miopia elevada ou possuem córneas muito finas. Além disso, é mais seguro, indolor, traz resultados mais rápidos, não apresenta inflamação e produz menos efeitos colaterais. Nesse caso, o laser Femto opera com uma frequência de pulsos muito rápidos, que garante a segurança durante o procedimento cirúrgico.


Em uma cirurgia de miopia, o Femto substitute os cortes iniciais do metodo anterior e cria um flap ultra fino separando os tecidos em uma determinada profundidade da córnea. Em seguida, o Excimer Laser corrige os graus, tirando o tecido da córnea que foi previamente definido pelo oftalmologista. Por fim, o flap é devolvido para seu lugar original e o resultado é que não há vestígios visíveis após a cirurgia no olho.


A cirurgia de astigmatismo e miopia é uma das opções de tratamento disponíveis para quem tem astigmatismo e miopia. Trata-se de um procedimento feito a laser, que pode eliminar ou reduzir o seu grau, fazendo com que você não precise mais usar óculos.


Apesar de ter algumas contra indicações, no geral a cirurgia de astigmatismo e miopia é um procedimento simples e muito rápido, que leva, no máximo 30 minutos. Antes do procedimento começar, o médico aplica um colírio anestésico. Por isso, não há motivos para se preocupar, porque a cirurgia não dói.


A técnica mais comum é a LASIK que consiste no cirurgião fazer um pequeno corte no olho para retirar uma parte do tecido da córnea. E, com o laser, ele altera seu formato. Trata-se de uma cirurgia simples, sem dor e muito rápida. No entanto, apesar de ser considerada uma cirurgia segura, a LASIK também oferece alguns riscos e cuidados, assim como qualquer intervenção cirúrgica.


Além do grau e idade, existem também algumas doenças contraindicadas para realização da cirurgia. Por exemplo, doenças como ceratocone, diabetes descompensada, herpes ocular, ambliopia severa e distrofias corneanas impedem a operação. Mulheres grávidas ou lactantes também não podem se submeter ao procedimento.


Quem tem grau de miopia muito alto, acima -10 graus, nem sempre pode fazer a cirurgia refrativa devido à curvatura e espessura da córnea. No entanto, é somente um oftalmologista de confiança que, após analisar seus olhos, vai poder te dizer se a cirurgia é a melhor opção para a sua necessidade. Então, não deixe de buscar por um profissional de sua confiança.


O custo também varia de acordo com o seu grau e com a a clínica onde você fará o procedimento. No entanto, o mais importante antes de realizar a cirurgia é marcar uma consulta médica com um profissional em saúde dos olhos. Somente ele poderá avaliar qual o melhor tratamento para você.


Outro risco da cirurgia LASIK é que durante a recuperação, os olhos podem infeccionar. Como a estrutura ocular fica mais vulnerável, é preciso seguir todos os cuidados de higienização para evitar possíveis infecções.


Apesar de extremamente rara, também existe a possibilidade da cirurgia ser mal executada, provocando a degeneração da córnea. Nesse caso, você pode desenvolver astigmatismo irregular e ceratocone. No entanto, a perda total ou parcial da visão é improvável e só pode ocorrer se o profissional não for devidamente capacitado para isso. Por isso, a importância de escolher um profissional de saúde de sua confiança.


Também pode acontecer da cirurgia refrativa não eliminar totalmente o seu grau de astigmatismo e miopia. Nesses casos, você ainda irá precisar usar óculos de grau ou lentes de contato. Mas o seu grau será baixo.


O médico irá indicar os cuidados para cada tipo de método cirúrgico. Mas, de maneira geral, os médicos recomendam fazer repouso, evitar dirigir, usar maquiagem e fazer atividades físicas por um período de 7 a 14 dias.


Informações

Bem-vindo ao grupo! Você pode se conectar com outros membros...

membros

  • Verdinho Notícias
  • Lawrence Walton
    Lawrence Walton
  • Osborn Tyler
    Osborn Tyler
  • Sanny Kolliner
    Sanny Kolliner
  • DallasSchmidt
    DallasSchmidt
bottom of page